Bru Calderon

Macarrão ao Molho Pesto

Macarrão ao Molho Pesto

Quem me acompanha no Instagram sabe que eu comecei a cultivar uma mini hortinha em casa.

De vez em quando levo os vasos para aquela ajuda especial da mãe e da avó, mas um deles sempre fica por aqui, meu pé de manjericão! Ele pegou super bem aqui em casa e está tão alto que de vez em quando sou obrigada a usar várias folhas ao mesmo tempo para dar um respiro para ele…

Uso as folhas do manjericão para muitas receitas, colocar em molhos, massas, pizzas, feijão e por aí vai. Mas quando preciso fazer uma limpa no pé, aproveito para fazer um dos molhos mais deliciosos do mundo – o Molho Pesto.

O Molho Pesto é de origem italiana, e é composto basicamente de folhas de manjericão, pinolis, alho, sal, queijo parmesão, azeite e pimenta moída.

Se você perguntar a um italiano como é a receita original, ele vai descrever os ingredientes acima, mas colocando uma observação em cada um deles. Por exemplo, é importante que o azeite seja de excelente qualidade, que as folhas do manjericão sejam novas, que use o parmigiano reggiano ou um pecorino (queijo feito de leite de ovelha, também italiano) e que todos os ingredientes sejam moídos em um pilão de mármore.

Aliás, o nome pesto vem daí, é uma adaptação de “pestare“, que significa moer em italiano.

Acho lindo o quanto eles entendem que produzir um molho pesto é fazer um ritual e eu garanto que faz toda diferença! Um molho pesto tipicamente italiano é fresco, aromático e incrivelmente saboroso.

E se engana quem acha difícil fazer esse molho! É super simples e por aqui deixo a minha receita fácil para você produzir e usar como acompanhamento de uma salada, uma pizza ou um macarrão, como fiz nessa receita para o almoço de hoje!


INGREDIENTES

  • 50 gr de manjericão fresco (só as folhas)
  • 1 dente de alho
  • 100 ml de azeite
  • 100 gr de queijo parmesão
  • 40 gr de pinolis ou 10 nozes
  • Sal
  • Pimenta moída

MODO DE PREPARO

Coloque todos os ingredientes no liquidificador, com exceção do queijo parmesão e bata lentamente até que vire um molho cremoso.

Acrescente o queijo parmesão e coloque na função pulsar uma única vez.

RENDIMENTO

Aproximadamente 300gr

DICAS

É importante que as folhas do manjericão não estejam úmidas quando colocar no liquidificador, por isso, lave as folhas com um pano úmido e não na água corrente.

Não é tão fácil de achar pinólis nos mercados e ele costuma ser bem caro, então dá pra substituir tranquilamente por nozes.

Se bem fechado em um recipiente de vidro, o molho pode ser conservado de 2 a 3 dias na geladeira.

Que tal receber minhas receitas super quentinhas direto no seu email?

É só informar o seu melhor email: